13 de junho de 2012

Resenha- Private

Esse livro é uma cortesia da Editora Arqueiro

(Confesso que eu gostaria de ter inventado a frase: “as páginas viram sozinhas”, propaganda nada enganosa estampada nas capas dos livros de James Patterson.)

Jack Morgan herdou a PRIVATE, agência internacional de investigações, e também um “simbólico” capital para reerguê-la, de seu pai , presidiário, antes dele morrer numa emboscada na prisão.

Famosa em todo o mundo, a agência possui filiais espalhadas em vários países, o que facilita para Jack e sua conceituada equipe, algumas informações privilegiadas. Em alguns momentos, ele é o único recurso da própria polícia.

Ex piloto da Marinha, Jack vivenciou um momento traumático num resgate de seus companheiros. Depois desse dia, ele vive atormentado por essas lembranças, ou pela falta delas. E mesmo agora, à frente de uma empresa tão rentável e importante, ele não consegue se livrar dos pesadelos.

Na PRIVATE, eles estão com vários casos em andamento.

A dra Justine está empenhada em descobrir quem anda matando pessoas aleatoriamente, com requintes de crueldade. São pessoas comuns que não estão ligadas a nenhum fato em especial. O problema é que elas estão sendo emboscadas por um experte em tecnologia, que lhes envia mensagens como se fossem amigos, e os espera em lugares desertos, onde comentem os assassinatos.

Paralelo a isso, o melhor amigo de Jack, Andy, lhe telefone para informar que Shelby, sua esposa, está morta. Ela era uma amiga muito próxima de Jack, e isso o abala instantaneamente. Como essa bomba sobre sua cabeça, ele tem um novo caso, que se mostrará bem mais complicado do que parece. O que parecia uma morte vinculada a uma invasão domiciliar, será esmiuçada por sua equipe, se mostrando uma rede de prostituição, drogas, dinheiro e prazer. E nem o próprio Jack está pronto para a conclusão a que a investigação chegará.

Em PRIVATE, publicado no Brasil pela Editora Arqueiro, James Patterson, misturando os acontecimentos da vida pessoal dos personagens principais, mais uma vez, criou um enredo elaborado e consistente, com as estórias intercalando-se de maneira concisa e dinâmica, mantendo o leitor ligado o tempo todos nos fatos e desfechos. 





6 comentários:

  1. acho as resenhas dos livros do James Patterson incrível *-*
    todas elas!
    ainda não tive oportunidade de ler nenhum livro dele... mas quem sabe né... qndo eu conseguir economizar dinheiro e comprar algum :P

    ResponderExcluir
  2. Ah, parece muito empolgante, quero muito ler!

    bjs,
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    http://delivroemlivro.blogspot.com/
    http://devaneiosfugazes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Ainda não tive a oportunidade de ler nada do autor,mas sempre leio resenhas positivas de seus livros. Esse sinceramente vale a compra, nem que seja somente pela capa, que é belissima. Bjkss

    ResponderExcluir
  4. Tenho visto ótimos comentários acerca de "Private." Nossa! Ainda teenho que ler outros livros de James Patterson que seguem esse estilo policial, de suspense e muita ação.
    Parabéns pela resenha, Martha!
    Fiquei com vontade de conhecer essa estória.

    Beeijo

    ResponderExcluir
  5. UAL, vi bons comentários sobre o livro, inclusive tem pessoas que acham ser o melhor livro dele, ainda não li nada dele, estou com Fogo cruzado que ganhai aqui no blog para ler, mas ainda não deu tempo, pretendo ler os dois !!

    ResponderExcluir
  6. Oii Martha, adoreii sua resenha, parece que os livros desse autor são bons, nossa na época q trabalhava na saraiva, tinha uma moça megafã dele, adoro livros q prendem do incio ao fim!!! Vou colocar ele na minha lista!!!

    ResponderExcluir

 

Layout por PamFardin