26 de junho de 2012

Resenha- Memórias de um vendedor de mulheres

Esse livro é uma cortesia da Editora Intrinseca

"É o que eu diria se a amasse. Mas sou apenas o homem que a vende e minhas palavras são, necessariamente, de outra natureza." pág. 44

Quando começar a ler Memórias de um vendedor de mulheres, publicado no Brasil pela Editora Intrinseca, desprenda-se de todos os pudores e preconceitos.

Bravo sofreu um "acidente" que custou-lhe bem mais do que ele esperava. Sentindo-se acima de tudo, desafiou pessoas que não devia, e isso lhe deu uma nova visão da vida e do futuro.

Após alguns anos, ele tornou-se um homem diferente do que poderia ter-se tornado, e durante a leitura, podemos perceber isso claramente.

Talvez a única pessoa com quem ele mantenha uma relação parecida com amizade, sem interesses, seja Lúcio, seu vizinho cego, com quem troca criptogramas.Com o restante das pessoas, ele mantêm negócios.

Após agenciar o encontro de Daytona, seu companheiro de noitadas, com uma garota desconhecida, ela o procurará para ser uma de suas mulheres. Ele as agencia para que façam programas com homens poderosos. Sabendo que poderá render-lhe muita grana, ele a leva para uma repaginada e uma nova vida. 

Carla, essa nova mulher, despertou nele desejos que ele nem imaginava que tinha. O que é uma novidade em sua atual condição.

Após enviá-la para seu primeiro trabalho, ele recebe a notícia que a casa em que estava sofreu um atentado e todos foram mortos. Empenhado em descobrir o que aconteceu, ele começa a investigar por conta própria e vai em busca de respostas com pessoas perigosas.

Tendo a máfia de Milão como plano de fundo, Bravo será procurado pela polícia por crimes que não cometeu. Será procurado pelas Brigadas Vermelhas por crimes que cometeu. E pela máfia por crimes que ele poderá cometer.

Por respostas, ele terá que aceitar o seu passado e nele encontrará muito mais explicações que desejava.

Com a constatação da verdade e após mais acontecimentos trágicos, ele terá a opção de um futuro diferente e assumirá o que poderia sempre ter sido a vida que ele estava destinado a viver.



5 comentários:

  1. Bravo vai se tornar um detetive para salvar a própria pele... fico imaginando como ele se livra de toda essa gente perigosa em sua cola... não deve ser fácil...
    Mais uma resenha positiva... e pensar que eu olhei sem muita animação para ele na livraria...kkk
    Será que a Carla é parte da mudança que ele precisa?
    Adorei a resenha!!!

    ResponderExcluir
  2. adorei a resenha, ainda não tinha lido nada deste livro
    quero ler!
    o autor é brasileiro?
    o nome não parece, mas os nomes dos personagens sim :P

    ResponderExcluir
  3. Já tinha lido outras resenhas deste livro, mas esta me interessou mais.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. Tenho um livro desse autor mas ainda não li. Fiquei louca com essa resenha. O livro parece ser muito bommm. Quero, preciso, adoro esse tipo de historia. Bjksss

    ResponderExcluir

 

Layout por PamFardin